COMANDANTE DOS BOMBEIROS DE LAMEGO FAZ AGRADECIMENTO PÚBLICO

Enquanto Comandante dos Bombeiros Voluntários de Lamego, venho por este meio, agradecer publicamente a todos os Operacionais envolvidos no acidente da fábrica de pirotecnia Egas Sequeira, na freguesia da Penajóia. Acidente este, que não deixou ninguém indiferente, sendo sem dúvida, um momento trágico de que não há memória, não só para o nosso Concelho, mas também a nível nacional.

Foram três dias de muito trabalho, onde todos os operacionais envolvidos no Teatro de Operações viveram momentos de muita angústia, stress emocional provocado não só por toda a situação em si, mas também por terem consciência que estavam numa missão que envolvia operações de alto risco. Sentimentos que ficarão para sempre na memória de todos.

Quero também agradecer, todo o empenho e entrega dos nossos Homens, que sem olhar a meios enfrentaram este fatídico dia, não poupando esforços, na tentativa de em encontrar alguém com vida no meio de um cenário desolador e que só pelo olhar parecia um cenário de guerra, levando bem alto a nossa Missão de Bombeiros que é “VIDA POR VIDA”, foram firmes e nunca vergaram ficando até ao último momento desta delicada operação de socorro.

Agradeço também à comunidade local todo o apoio prestado, bem como a solidariedade demonstrada a nível nacional, para com as famílias das vítimas. É disso exemplo, a presença exemplar do Sr. Presidente da República, do Sr. Sec. de Estado da Administração Interna e do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Lamego evidenciando um grande  apoio para com as vítimas do incidente,  acompanhando sempre de perto quer o evoluir da situação, quer o planeamento das operações no terreno.
Quero assim reforçar a nível operacional a exemplar articulação que existiu no Teatro de Operações, entre todos os Agentes de Proteção Civil, num total de 29 entidades, que envolvidas numa tão exigente Operação de Proteção e Socorro, durante três dias, realizaram um trabalho rigoroso de cooperação, do qual resultou um reconhecimento e análise exaustivos de todo o perímetro envolvente à fábrica de pirotecnia.
ENTIDADES:
Bombeiros Voluntários de Lamego
Bombeiros Voluntários de Santa Marinha do Zêzere
Bombeiros Voluntários de Peso da Régua
Bombeiros Voluntários de Salvação Pública de Vila Real

Bombeiros Voluntários da Cruz Branca de Vila Real
Bombeiros Voluntários de Vila Pouca de Aguiar
Bombeiros Voluntários de Mesão Frio
Bombeiros Voluntários de Montalegre
Bombeiros Voluntários de Castro Daire
Bombeiros Voluntários de Viseu
Bombeiros Voluntários de Moimenta da Beira
Bombeiros Voluntários de Armamar
Bombeiros Voluntários de Resende
Bombeiros Voluntários de Tarouca
Bombeiros Voluntários de Sátão
CML – Câmara Municipal de Lamego
ANPC – Autoridade Nacional de Proteção Civil
GNR – Guarda Nacional Republicana
INEM – Instituto Nacional de Emergência Médica
IML – Instituto Medicina Legal
ACT – Autoridade Condições de Trabalho
SSV – Segurança Social de Viseu
PJ – Polícia Judiciária
PSP – Polícia de Segurança Pública
DSL – Delegada de Saúde de Lamego
REN – Rede Elétrica Nacional
PR – Procuradoria Ministério Público
JFA – Junta de Freguesia de Avões
JFP – Junta de Freguesia da Penajóia
JFF – Junta de Freguesia de Ferreiros

 

 

Comandante dos Bombeiros de Lamego

João Carvalho

Comments are closed.